Sri Ramaatís

Estrelas Infindas
240px-Fraternidade_da_Cruz_e_do_Triângu
BAGAWAN SWAMI SRI RAMAATÍS

Trabalho de revisão em produção, por Fabiana Dantas

Evolução Planetária - espiritualidade  e universalismo dos grupos e movimentos do Brasil e no Mundo

Ramatis (Ramaatís, Rama-tys ou Swami Sri Rama-atís) é o nome da entidade espiritual autora de dezenas de obras, escritas por diversos médiuns. O primeiro deles foi Hercílio Maes[nota 01] a quem Ramatis se identificou desde a infância. 

Além das obras de Ramatis publicadas por Hercílio Maes [nota 01]; há também outras, de grande impacto científico na esfera da psicologia e da espiritualidade, como as escritas por América Paoliello Marques Ph.D. [nota 2]Maria Margarida Liguori, Wagner Borges[nota a] Márcio Godinho [nota 3], entre outros.

 

Alguns médiuns [nota 01], [nota 2], [nota 3] renovaram informações, através de livros e de cenários espirituais da egrégora Ramatisiana e da Metrópole Grande Coração, inspirados por Ramatis e por outros discípulos da Fraternidade Espiritual. Este novo ciclo foi renovado sutilmente, a partir do ano de 1993 [nota a] e intensificado ano 2000; por Márcio Godinho, [nota 3]Dalton Campos Roque [nota b]Marcus Cesar - MCF [nota c] Sávio Mendonça, [nota 4], em ambientes, cenários e momentos diferentes.

Os médiuns com afinidade com Ramatis representam a principal fonte bibliográfica de suas mensagens, dentro da proposta universalista que prega uma ética plenamente de acordo com o Evangelho de Jesus (vide as obras "O Sublime Peregrino" e "O Evangelho à Luz do Cosmo", e também alinhada, segundo seus adeptos, às bases espiritistas (vide "Missão do Espiritismo" e "Sob a Luz do Espiritismo")

Segundo Hercílio Maes[nota 01] relata em suas obras, Ramatis reencarnou na Terra, na Indochina, no século X d.C., tendo o seu transpasse ocorrido no ano de 993</